Sessão Pipoca: Animais Fantásticos e Onde Habitam


Título: Animais Fantásticos e Onde Habitam
Título original: Fantastic Beasts and Where to Find Them
Elenco: Alison Sudol, Carmen Ejogo, Christine Marzano, Colin Farrell, Dan Fogler, Eddie Redmayne, Ezra Miller, Fanny Carbonnel, Gemma Chan, Jason Newell, Jason Redshaw, Jenn Murray, Joe Malone, Jon Voight, Katherine Waterston, Lasco Atkins, Lobna Futers, Lucie Pohl, Peter Breitmayer, Ron Perlman
Classificação: Não recomendado para menores de 12 anos
Direção: David Yates
Roteiro: J.K. Rowling
Gênero: Aventura, Fantasia
Duração: 132 minutos
Estreia Nacional: 17 de Novembro de 2016
Nota: 4 de 5
Sinopse: O excêntrico magizoologista Newt Scamander (Eddie Redmayne) chega à cidade de Nova Iorque com sua maleta, um objeto mágico onde ele carrega uma coleção de fantásticos animais do mundo da magia que coletou durante as suas viagens. Em meio a comunidade bruxa norte-americana que teme muito mais a exposição aos trouxas do que os ingleses, Newt precisará usar suas habilidades e conhecimentos para capturar uma variedade de criaturas que acabam saindo da sua maleta.


Cinco anos depois da estreia de Harry Potter e as Relíquias da Morte - Parte 2, a Warner Bros decidiu trazer novamente histórias do universo mágico para as telas de cinema. Com a direção de David Yates (que dirigiu os últimos quatro filmes da franquia) e o roteiro escrito pelas próprias mãos da autora, fez com que Animais Fantásticos e Onde Habitam fosse um sucesso antes mesmo de qualquer detalhe sobre o filme.
  

A história se passa em Nova York em 1920 e mostra a chegada do bruxo Newt Scamander (Eddie Redmayne) um magizoologista que tem como objetivo achar criaturas raras para seus estudos. A trama começa quando alguma dessas criaturas acabam escapando da maleta e causando o caos na cidade, porém em meio à confusão causada pelos animais, uma série de ataques e um grupo de no-maj (Nova Salem) que tem como objetivo revelar o mundo bruxo, acaba causando desordem e preocupações para o Congresso Mágico dos Estados Unidos da América (MACUSA).


Em Animais Fantásticos, é clara a divisão de emoções entre a nostalgia infantil (como quando o personagem Jacob que é um no magic descobre esse universo e fica fascinado com ele); e os momentos com temas sérios que foram muito bem retratados nas entrelinhas. J.K Rowling utilizou as metáforas de forma magnífica, trazendo reflexões sobre temas atuais como preconceito, fanatismo religioso, e repressão a minoria; o roteiro contou também com pequenas referências ao universo que já conhecemos o que aumentou muito a sensação nostálgica. A direção de arte foi extremamente cuidadosa e cumpriu muito bem com o seu papel, o filme traz uma fotografia e trilha sonora impecável, que funcionam perfeitamente e em sincronia. Mas o toque final ficou por conta do elenco, que contou com grandes nomes (Eddie Redmayne, Ezra Miller...) que além de uma boa atuação, trouxeram mais expectativas não só para esse filme, mas também para a continuação da franquia.


É importante ressaltar que esse é apenas o primeiro de uma franquia que contará com cinco filmes, deixando os fãs em um misto de ansiedade para descobrir mais a respeito do universo grandioso escrito por J.K; como também o medo de  perder a mão ao longo dos próximos filmes.


Depois de anos sem filmes, retornar a temática fez com que os fãs voltassem a ser criança, e esperar ansiosamente por novos trailers, novas informações, fez a gente se lembrar de como é pertencer a geração Harry Potter, e acho que o ponto alto dessa experiência com certeza foi ir ao cinema não criando expectativas, e voltar para casa totalmente surpresa no melhor sentido da palavra.

Trailer Legendado


4 comentários:

  1. Rhillary!
    Não fui assistir ainda, não tive oportunidade.
    Tenho a maior vontade, afinal é J.K Rowling, mesmo com as adaptações que sempre modificam um pouco o filme, deve ser uma delícia de película a ser assistida.
    E fiquei bem feliz em ver que é uma franquia com 5 filmes...uauuuuuuuuuu!
    “Existe apenas um bem, o saber, e apenas um mal, a ignorância.” (Sócrates)
    cheirinhos
    Rudy
    http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/
    TOP Comentarista de JANEIRO dos nacionais, livros + BRINDES e 3 ganhadores, participem!

    ResponderExcluir
  2. Gostei demais do trailler. Quanto ao filme ainda não o assisti mas gostaria primeiro de ler o livro para depois assistir ao filme. Não gosto de fazer comparações e sei que o livro apresenta muito mais fatos do que o filme, que devido ao tempo, tem que ser reduzido. Mas tenho ouvido falar muito bem de ambos e isso é um passo importante para me deixar curiosa. A capa do livro não é tão bonita quanto a do filme.

    ResponderExcluir
  3. Rhillary, não sou fã de Harry Potter, na verdade, não consegui nem chegar na metade do primeiro filme, porém, esse me pareceu tão interessante, realmente mágico e engraçado, me deu vontade de conhecer o universo bruxo completo. E com certeza os Potterheads vibraram com esse lançamento e ainda mais sabendo que será uma franquia.

    ResponderExcluir
  4. O universo de J.K Rowling é incrível. Eu gosto que HP e Animais Fantásticos e Onde Habitam sejam histórias diferentes mas num mesmo espaço temporário. Este filme ultrapassou minhas expectativas, o diretores adaptaram a história de uma maneira impresionante. Sem dúvida teve uma grande equipe de produção. Acho que é um dos melhores filmes que fizeram.Animais Fantásticos e Onde Habitam se tornou em uma das minhas histórias preferidas desde que li o livro.

    ResponderExcluir

Related Posts with Thumbnails